Já se passaram mais de dois anos desde a conclusão surpresa da primeira temporada de Big Little Lies, da HBO. Mas para a atriz Nina Dobrev, atualmente estrelando a sitcom da CBS “Fam”, aquele final ainda impressiona.

“Aquele episódio final foi tão poderoso, especialmente por causa da jornada que todas aquelas personagens tinham percorrido até aquele momento,” disse Dobrev durante o podcast “My Favorite Episode” da Variety. “Eu acho que foi o melhor episódio de todos. Tudo foi finalizado, as perguntas foram respondidas, todos os personagens foram resolvidos, exceto Perry (Alexander Skarsgård), mas tudo bem. Nós não queremos isso para ele.”

“Big Little Lies” foi originalmente criada como uma série limitada de apenas uma temporada, baseada no livro best-seller de Liane Moriarty. Mas o drama fez tanto sucesso, ganhando oito prêmios Emmy, que agora está foi renovada para retornar para uma segunda temporada no final deste ano. Na edição do “My Favorite Episode”, Dobrev fala sobre o final da primeira temporada de “Big Little Lies”, “You Get What You Need”, que foi ao ar em 2 de Abril de 2017. Ouça abaixo:

“Eu mal posso esperar para a próxima temporada,” disse Dobrev. “Aquele vínculo e aquela feminilidade é algo realmente forte. É ótimo que estamos vendo isso traduzido no filme e na vida real, e que foi logo depois do movimento [#MeToo], mas o momento não poderia ter sido melhor”.

Nicole Kidman, Reese Whiterspoon e Shailene Woodley estrelaram em “Big Little Lies” com mães na região de Monterey Bay, na Califórnia, que se envolveram em uma investigação de assassinato, enquanto Skarsgård, Laura Dern, Adam Scott e Zoë Kravitz também estrelaram. Jean-Marc Vallee dirigiu a primeira temporada, enquanto o famoso produtor de televisão, David E. Kelley, adaptou o livro para a série.

Kelley é conhecido como um especialista em TV aberta durante a maior parte de sua carreira, mas “Big Little Lies” foi parte de sua mudança para canais pagos. Dobrev disse que poderia se relacionar com a ideia de ser estereotipada em um papel.

“É sobre isso que estamos lutando contra o tempo todo,” disse ela. “Só porque alguém é conhecido por fazer uma coisa, não significa que ela não pode fazer de tudo. Todo mundo faz. É só questão de terem a oportunidade. Se eu lhe disser quantos roteiros sobre vampiros eu recebo, você riria. Claro que as vezes quero abordar — Eu adoraria fazer parte de um show da HBO, eu quero canais pagos. Eu adoraria fazer uma série e/ou filme de época. Eu quero ser um camaleão dessa maneira.”

Essa foi a idéia por trás de abordar uma sitcom multi-câmera. “Fam”, que está encerrando sua carreira de calouro na CBS, é diferente de tudo que ela já fez antes.

Criada no Canadá, Nina Dobrev começou a se apresentar ainda jovem, eventualmente conseguindo um papel na famosa série adolescente “Degrassi: A Próxima Geração”. Ela participou de inúmeras séries de TV e filmes como “As Vantagens de Ser Invisível” e “Then Came You”. Mas os fãs ainda conhecem seu melhor nas seis temporadas de “Diários de um Vampiro”.

Agora, em “Fam”, Dobrev interpreta Clem, uma jovem recentemente noiva de seu namorado, Nick, interpretado por Tone Bell. Sua vida se torna mais complicada, no entanto, quando a irmã adolescente rebelde de Clem passa a morar com eles.

“Fiquei intrigada, aterrorizada e, finalmente, animada porque seria um novo desafio para mim”, disse ela. “Comédia, comédia física. Eu sempre quis fazer teatro e isso pareceu um próximo passo natural para alcançar esse objetivo.”

Para estudar o modelo de seu novo projeto, Dobrev visitou os sets de “Mom”, “Big Bang: A Teoria”, e “Last Man Standing”, até recebeu alguns conselhos do rei da sitcom, Chuck Lorre.

“Eu nunca estive no set de uma sitcom em toda a minha vida,” ela disse. “Eu nem sabia que eles filmavam com quatro câmeras. Eu estava muito otimista e despreparada. Eu fiz minha pesquisa antes de pisar no meu próprio show. Sendo honesta, eu ainda estava — mesmo com a minha preparação e pesquisa — fora do meu elemento em vários aspectos, mas eu tive sorte porque Tone Bell foi muito apoiador. Ele segurou minha mão e me ajudou durante todo o processo.”

Dobrev disse que gostou da programação de multi-câmera — ensaiando toda semana, e depois se apresentando na frente de uma platéia ao vivo. Ela também gostou de filmar em ordem cronológica.

Enquanto isso, pediu para nomear seus episódios favoritos de seu trabalho anterior, Dobrev mencionou dois episódios de “Diários de um Vampiro”, “Lost Girls” (Primeira temporada, episódio 6), que ela aprecia a peça de época e a introdução de Katherine, e o episódio final da terceira temporada, “The Departed”, que traz à tona para a morte dos pais de Elena.
“Tivemos que filmar em um tanque debaixo d’água e fazer com que parecesse um pântano”, disse ela. Filmar essa cena foi muito bonito, impactante e triste. A experiência de filmar embaixo d’água, adoro fazer acrobacias e ter que ser sentimental e transpor isso embaixo d’água foi interessante.”